Compartilhe:

Por que as empresas fecham? Saber a resposta para esta pergunta é a melhor forma para que isso não aconteça com seu negócio.

Afinal, ao se conhecer os principais motivos, é possível evitá-los. Ainda mais sabendo que o número de empresas que fecha no Brasil é altíssimo: somente em 2021 foram 1,4 milhão!

Os motivos são os mais variados possíveis, e é sobre eles que falamos no artigo abaixo! Confira, veja porque as empresas fecham, e como evitar que isso aconteça com você!

Começando pelo motivo errado

A verdade é que muitas empresas são criadas pelo motivo errado. Vamos dar um exemplo fictício que poderíamos facilmente encontrar na realidade. Um eletricista que trabalha para uma construtora decide que não quer mais responder a ninguém e que talvez seja melhor trabalhar por conta própria.

Até agora bom. Fruto da consciência empreendedora que nos acompanha. Mas essa pessoa pode não ter percebido que, embora tenha as habilidades para fazer um bom trabalho na área elétrica, não tem as habilidades para administrar um negócio de sucesso. Com o tempo, seu entusiasmo inicial diminuirá. No final, ele fechará sua empresa e voltará a trabalhar para o mesmo ou outro empregador.

Ao contrário do eletricista, se criarmos uma empresa pelos motivos certos teremos muito mais chances de sucesso. Por exemplo, ter encontrado o produto ou serviço que a sociedade exige e que facilitará a vida de um determinado setor da população.

Leia também::: Erros contábeis mais comuns

Não ter o capital necessário

Criar uma empresa sem capital suficiente quase certamente levará ao fracasso mais retumbante. Mas não só isso, muitos novos empresários subestimam os perigos do fluxo de caixa. 

Antes de começarmos, precisamos perceber quanto tempo pode levar para os nossos clientes pagarem suas contas. Um tempo muito longo para muitos empresários que são obrigados a pegar empréstimos caros apenas para sobreviver.

Devemos fazer bem as contas da quantidade de dinheiro que precisaremos para iniciar um negócio. E pense nos três aspectos a seguir:

  • O investimento inicial exigido pelo negócio. Aqui terá que incluir as despesas de abertura das instalações, compra de mercadorias, cauções, licenças e procedimentos, despesas de constituição de uma empresa, etc.
  • As principais despesas correntes que sua empresa precisa durante o primeiro ano (ou dois). Aluguéis, salários, contas de luz, telefone, água, seguros, etc.
  • Juros gerados pelo financiamento obtido.

Planejamento errado

A falta de planejamento é outra das razões mais comuns pelas quais as empresas falham em seus primeiros anos. Em muitas ocasiões, os empreendedores estão tão focados em realizar nosso sonho que esquecemos a importância de elaborar um Plano de Negócios detalhado.

Nele você deve incluir questões como a análise da concorrência, previsões de receitas e despesas, orçamento e estratégia de marketing.

Falta de liderança e direção

Ter habilidades de gestão e liderança suficientes é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Na verdade, a falta deles pode levar a confusão e conflitos dentro da empresa, minar o moral dos trabalhadores e reduzir a produtividade.

Como todas as habilidades, estas também podem ser aprendidas. Certifique-se de fortalecer aqueles onde você sabe que tem mais fraquezas. 

Falta de diferenciação

Trata-se de estabelecer uma proposta de valor, que é o seu diferencial em relação à concorrência. Você deve descrever as qualidades, características, produtos ou serviços que diferenciam seu negócio dos concorrentes e que representam valor agregado para o público-alvo.

O problema é que poucas empresas têm uma proposta de valor ou não sabem como mostrá-la ao público. Novamente, esse erro é marcado pela pressa e falta de planejamento do gestor. Algo que pode ser facilmente resolvido com um bom plano de negócios.

Falta de cuidado com o financeiro

Por fim, outro erro comum de porque as empresas fecham é a falta de uma gestão financeira. E em geral, vemos muitos gestores que usam a mesma conta pessoa para movimentar os recursos da empresa.

Ou mesmo não cuidar do fluxo do caixa, como mencionamos acima, fazendo gastos além da capacidade financeira da empresa em cobrir tais despesas. Isso vai gerando uma grande bola de neve até que a empresa não tenha mais condições de se manter.

Isso acontece pela falta de gestão, ao não se ter um controle eficiente de entrada e saída de recursos, pagamento de contas, entre outros.

Leia também::: Qual nota fiscal devo utilizar na minha empresa?

Tenha uma gestão mais eficiente

Como viu, de modo geral, a maioria dos problemas que listamos acima envolvem a falta de uma boa gestão no seu negócio. Muitos acham que são capazes de administrar sozinho suas empresas, e quando percebem, algo saiu do controle.

No caso da gestão financeira, terceirizar com uma contabilidade que seja especialista na área é uma forma excelente de evitar o fechamento da empresa. Afinal, você passará a ter uma equipe qualificada ao seu lado, garantindo que tudo seja feito da forma correta.

Aqui na Licitus Contabilidade temos uma equipe altamente qualificada que pode lhe ajudar com os aspectos contábeis, tributários e financeiros da sua empresa. Dessa forma, você pode dedicar seu tempo a outras áreas do seu negócio, enquanto nossa equipe cuida do dia a dia financeiro.

Por fim, esperamos que os motivos por que as empresas fecham tenham ficado claros para você, e que possam evitá-los. E para contar com a Licitus como sua parceira, clique aqui e converse com nossa equipe!

Classifique nosso post

Vamos iniciar uma história de sucesso,
juntos? :)

Preencha as informações abaixo que um consultor vai falar com você.
Recomendado só para você!
Reduzir custos na empresa mantendo a qualidade dos produtos e…
Cresta Posts Box by CP